19/04/2013


Jogos que viraram filme #2

0


Olá pessoal, como estão??
Que tal conhecer mais alguns jogos de video game que viraram histórias em livros para nós?!!!
Pois é, esse post eu criei depois de tanto ver meu querido filho jogar seu video game e perceber que alguns jogos saíram das telas para as páginas dos livros. As informações sobre o jogo tirei do site Wikipédia.

O livro
God Of War

Sinopse - God Of War - A História Oficial Que Deu Origem ao Jogo

Uma caixa lendária. Um deus traidor. Um guerreiro buscando perdão. No universo dos deuses, a vida é mais do que nuvem e poderes. Tão reais quanto os problemas que os mortais vivem na terra, a inveja, a traição e a maldade também estão presentes no Olimpo. Kratos é um guerreiro grego que trabalha para os deuses do Olimpo. Com a promessa de ser transformado em um guerreiro perfeito por Ares, o Deus da Guerra, Kratos, enganado por ele, acidentalmente mata a sua família, e segue amaldiçoado pela cinza da morte de seus entes queridos. Decidido a não servir mais a Ares, Kratos, através de flashbacks ao longo de toda a história, é atormentado pela lembrança de seus atos e procura os outros deuses para fazer um trato e servi-los por dez anos. Ao final desse acordo, o guerreiro procura por Atena, que o livrará dos tormentos e o perdoará por todos os seus atos, mas com uma condição, que ele mate Ares. Kratos aceita a tarefa, mas para realizá-la, terá que encontrar e usar a poderosa Caixa de Pandora, que esconde todos os mistérios do universo. Mas tão grande quanto o poder de possuí-la, está a responsabilidade de usá-la e nem nos seus piores pesadelos, Kratos imaginava o que o destino estava guardando para ele. Com uma narrativa tão intensa e desconcertante quanto a proposta no jogo, “God of War” – traduzido por Flávia Gasi, uma maiores especialistas em games do país - , prende o leitor da primeira a última página e o convida a largar o joystick e ser guiado por Kratos nessa aventura épica.

O jogo
God of War é um jogo eletrônico de ação para os consoles PlayStation 2, PlayStation 3 e PSP feito pela divisão de Santa Mônica da Sony Computer Entertainment.
Lançado em Março de 2005, foi a primeira cota da série God of War, que é baseado na mitologia grega. O protagonista do jogo é um guerreiro chamado Kratos. A história faz parte de uma saga, com a vingança como tema central. Neste capítulo, Kratos deve impedir o Deus da Guerra,Ares, de destruir a cidade de Atenas, encontrando a lendária Caixa de Pandora.

Jogabilidade

Com uma câmera em terceira-pessoa, o jogador controla o personagem Kratos em um jogo que mistura elementos de combate, plataforma e quebra-cabeças. O jogador normalmente tem de guiar Kratos através de uma longa série de testes, provas e labirintos para atingir os objetivos.
As armas principais de Kratos são as Blades of Chaos (Lâminas do Caos em português) e, como arma secundária, a Blade of Artemis (Lâmina de Artemis), a qual também pode ser adquirida.
A mágica também pode ser evoluída com quatro diferentes tipos de ataques disponíveis: Poseidon's Rage (A Ira de Posidão), Medusa's Gaze (O Olhar de Medusa), Zeus' Fury (A Fúria de Zeus) e Army of Hades (Exército de Hades). A relíquia Poseidon's Trident (Tridente de Posidão) também pode ser obtida, a qual permite Kratos respirar debaixo da água. Kratos também utiliza temporariamente a Blade of the Gods (Lâmina dos Deuses) durante a batalha final contra Ares.
Uma habilidade especial chamada "Rage of the Gods" (Ira dos Deuses) também é adquirida, fornecendo invulnerabilidade temporária e aumentando os danos de ataque. Tal habilidade pode ser carregada ao matar outros inimigos.
Atualizações de Vida e Magia - as Gorgon Eyes (Olhos de Górgona) e as Phoenix Feathers (Plumas de Fênix) respectivamente - são encontradas durante o jogo dentro de baús. Seis de cada se fazem necessárias para atualizar as Barras de Vida e Magia respectivamente. Outros baús encontrados no jogo, contendo esferas (Orbs), são marcados com a cor correspondente de suas esferas (verde, azul e vermelho). Green Orbs (Esferas Verdes) dão vida, Blue Orbs (Esferas Azuis) dão magia e Red Orbs (Esferas Vermelhas) dão experiência, que são revertidas em atualizações para as armas e habilidades mágicas.
Red orbs também podem ser coletadas matando inimigos e destruindo certos objetos inanimados. O combate inclui uma apresentação quick-time, que é inciada quando o jogador tira muita vida do inimigo podendo apertar um botão,(o círculo no controle) quando este aparecer em cima da cabeça do inimigo. O jogador então pressiona os botões para aplicar os comandos correspondentes assim que estes aparecerem na tela, e se efetuados com sucesso, finalizando a partida, e se mal efetuados resultando em danos. Uma manobra de "agarrar" pode ser usada em inimigos menores que rendem mais pontos de experiência em forma de Red Orbs.
Um mini-jogo quick-time de sexo é também incluso (um encontro com duas donzelas no navio de Kratos). Um modo Desafio (dez testes chamados "Challenge of the Gods" (Desafios dos Deuses) também estão inclusos nos bônus do jogo, que podem destrancar roupas secretas e vídeos por-trás das câmeras.

Enredo

Kratos é um guerreiro grego a serviço dos deuses Gregos do Olimpo. É revelado,em uma série de flashblacks, que Kratos foi um Capitão militar no exército de Esparta. Um guerreiro feroz, que guiava seu exército através de muitas vitórias, até que ele encontra com uma horda invasora de bárbaros. O Espartano é oprimido pelo grande número de inimigos, e está prestes a ser morto pelo Rei Bárbaro, quando, em um momento de desespero, ele clama pelo Deus da Guerra, Ares, e jurando ter uma vida de servidão à Ares, se este livrá-lo da morte e der-lhe poder para acabar com os inimigos.
God of War
(Cronologia Fictícia)
Ares ouve a oração de Kratos, e entrega as Lâminas do Caos (um par de lâminas anexadas em correntes, forjadas no fundo do Tártaro) ao seu novo servo. Kratos então retorna para confrontar o Rei Bárbaro e decapta o seu inimigo. Um vitorioso Kratos então triunfa em guerras por toda a Grécia, e eventualmente, enquanto lidera um ataque à uma vila ocupada por adoradores de Atena. Ares engana Kratos colocando sua filha e sua mulher na vila, a quem Kratos acidentalmente mata. Embora Ares achasse que fazendo isso Kratos se tornaria um guerreiro perfeito, este, por sua vez, renuncia sua servidão a Ares. O oráculo da agora destruída vila amaldiçoa Kratos, e anexa as cinzas de sua família morta em sua pele, fazendo com que sua pele fique branca. Agora conhecido como o "Fantasma de Esparta", Kratos é atormentado por pesadelos do seu horrível ato e compromete-se a dez anos de servitude aos outros deuses do Olimpo. Finalmente, cansado de sua servitude, Kratos convoca Atena, que afirma a Kratos que se ele realizar uma tarefa final - o assassinato de Ares - ele será perdoado pelo assassinato de sua família. Atena então designa a Kratos a tarefa de matar Ares, pois Zeus havia proibido a intromissão divina.
Kratos é guiado pela deusa Atena até a cidade de Atenas, que está sendo sitiada por escravos de Ares. Kratos abre caminho batalhando até o oráculo de Atenas, mas não antes de ter um encontro com um estranho coveiro, que encoraja Kratos a continuar com sua tarefa. Encontrando o oráculo, Kratos descobre que a única maneira de matar Ares é localizando e usando a Caixa de Pandora, um lendário artefato que dá a um mortal poderes para se matar um deus.
Após atravessar o Deserto das Almas Perdidas, Kratos convoca o Titã Cronos. Cronos possui o Templo de Pandora anexado em suas costas: um castigo imposto por Zeus a Cronos na Grande Guerra. Kratos escala o Templo durante três dias antes de atingir a entrada, e ao entrar supera uma série de armadilhas mortais e um exército de monstros. Kratos finalmente encontra a Caixa de Pandora, mas ao tentar sair do Templo com o artefato ele é assassinado por Ares, que tem certeza de que seu ex-servo foi sucedido. Enquanto um grupo de harpias leva a Caixa à Ares, Kratos está a cair no Hades (Submundo ou Mundo Inferior, o inferno dos gregos). Kratos, no entanto, luta para sair do submundo, e com a ajuda do coveiro misterioso, que menciona que Atena não é o único deus olhando por ele, escapa e retorna a Atenas.
Ao recuperar a Caixa de Pandora de Ares, Kratos a abre e usa o seu poder para tomar os poderes de um deus. Apesar dos melhores esforços de Ares para acabar com Kratos, tanto fisicamente quanto mentalmente, incluindo ser despojado das Lâminas do Caos, perder os Poderes Divinos, e lutar contra uma Horda de Clones e perder sua família novamente, Kratos sobrevive e mata seu inimigo com a lendária Lâmina dos Deuses. A cidade de Atenas é salva, e apesar da deusa Atena dizer que seus pecados foram perdoados, ela o informa de que seus pesadelos nunca irão cessar. Kratos então tenta cometer suicídio, lançando-se no Mar Egeu, mas Atena intervém, dizendo que não caberia a ele Kratos tirar a própria vida, pois a morte de Ares teria sido um grande ato. Ela então o leva de volta para o Monte Olimpo. Como recompensa por seus serviços aos deuses, Atena lhe concede suas Lâminas, e Kratos se torna o novo deus da guerra.

E ai pessoal gostaram??? Meu filho Leandro é simplesmente viciado nesse jogo, sempre jogando e querendo que eu jogue também :P, é bem legal conhecer esses jogos não é mesmo??
Beijus
Camila Mazzetto

0 comentários:

Postar um comentário

 

Leituras da Cá Copyright © 2009 Girl Music is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez